Editorial

Bruna Pickler** é Mestre em Comunicação e Novas Mídias pela Universidade de Macau (UM), Bacharel em Comunicação Social com ênfase em Publicidade pela Universidade Regional de Blumenau  (FURB)

Com extensa atuação no mercado internacional (acessar LinkedIn para lista completa), Bruna ganhou expertise em áreas como comércio exterior, marketing internacional e marketing internacional desportivo, desenvolvendo simultaneamente sua própria carreira no âmbito esportivo, se profissionalizando na prática de arco e flecha (certificação de instrutor reconhecida pela associação de tiro com arco americana – a U.S.A. Archery Association) 

Principais remarcas:

Direito em Comunicação (nota máxima)

Direito Constitucional 

Relações Públicas

Gerenciamento de Novas Mídias (nota máxima, e fundação do CriaMacau™ em 2016)

Transparência — apenas estas são minhas redes sociais oficiais:

Facebook  |  Instagram  |  LinkedIn  |  Twitter  | YouTube  |  Pinterest

WeChat ID: brunabp (este é meu ID pessoal do WeChat… no entanto, desde 2014, reservo-me no direito de avaliar sua pontuação social em outras plataformas públicas de mídia social antes mesmo de considerar sua solicitação de amizade – isso se deve aos termos e condições atuais do WeChat, e a nossa política de imagem e transparência. Contas em redes sociais em caráter privado são automaticamente rejeitadas)*

* compreenda a política do WeChat lendo este weblink 

 


Bruna Pickler ** is Master in Communication and New Media by University of Macau (UM), Bachelor in Social Communication with an emphasis on Advertising from the Regional University of Blumenau (FURB)

With extensive experience in the international market (access LinkedIn for a complete list), Bruna has gained expertise in areas such as foreign trade, international marketing and international sports marketing, while developing her own sports career, becoming a professional archer and instructor recognized by the American Archery Association – USA Archery Association)

Main remarks:

Law in Communication (maximum score)

Constitutional Law 

Public Relations

New Media Management (maximum score, and foundation of CriaMacau ™ in 2016)

Transparency – only these are my official social network accounts:

Facebook  |  Instagram  |  LinkedIn  |  Twitter  | YouTube  |  Pinterest

WeChat ID: brunabp (this is my personal WeChat ID … however, since 2014, I reserve the right to evaluate your social score on other public social media platforms before even considering your friend request – this is because of the current terms and conditions of WeChat, and our policy of image and transparency. Accounts in social networks that are set to private accounts are automatically rejected)*

* understand the policy of WeChat, by reading this weblink


Learn about CriaMacau™’s story at our Facebook page


Click here to see our editor and brand ambassador, Bruna Pickler’s Portfolio and Curriculum Vitæ


❀ Contact us via the space below:

 

** podemos traduzir nossos Termos (e trabalhos, quando aplicável) em vários idiomas. Desde 2018 e a concessão de diploma de Mestre em Comunicação pela U.M. à nossa fundadora, no caso de haver alguma diferença entre nossa comunicação verbal ou transcrita entre versão ou tradução em inglês e a versão ou tradução de nossos Termos (ou outros) para outro idioma, a versão em inglês prevalecerá (na medida permitida por regulamentações e leis aplicáveis). Exceção à regra para interpretações realizadas em território chinês, aonde na qualidade de intérprete, prevalece verbalização em mandarim. Esta exceção é em vigor desde 2014.

** We may translate our Terms (and assignments, where applicable) in multiple languages. Since 2018 and the conferment of diploma of Master in Communication by U.M. to our founder, in the event that there is any difference between our verbal or transcribed communication between English version or translation and the version or translation of our Terms (or other) into another language, the English version shall prevail (to the extent permitted by regulations and applicable laws). Excess to the rule for interpretations performed in Chinese territory, where as an interpreter, verbalization in Mandarin prevails. This exception is in force since 2014.

 

 

Advertisements