Sochi Fórmula 2 – Vitória italiana na Rússia

por jornalista Bruna Pickler (crédito da foto de capa: Joe Portlock / LAT Images / FIA F2 Championship© – 29 de Setembro de 2019 em Sochi, Rússia)

Masterclass defensivo sela vitória de Ghiotto em Sochi no Sprint Race

FIA Formula 2
Luca Ghiotto (ITA, UNI VIRTUOSI) em Sochi no autódromo de Sochi em 29 de Setembro de 2019. (Foto por Joe Portlock / LAT Images / FIA F2 Championship©)

Italiano fecha em P2 no campeonato, com terceira vitória de 2019

Luca Ghiotto conquistou sua terceira vitória de 2019, com uma exibição desafiadoramente defensiva no Sprint Race, defendendo um ataque implacável do campeão Nyck de Vries, que conquistou o 12º pódio de uma campanha incrível. O “Ás” do ART Grand Prix terminou em segundo à frente de Callum Ilott com Sauber Junior Team por Charouz.

A corrida foi interrompida por uma colisão entre Nikita Mazepin e Nobuharu Matsushita. Desde então, foi confirmado que ambos os pilotos estão bem.

FIA Formula 2
(Foto por Joe Portlock / LAT Images / FIA F2 Championship©)

Mazepin havia começado na pole reversa e saiu da linha sem problemas, para o deleite da torcida em Sochi. O russo havia evitado um ataque inicial de Jack Aitken, antes que a dupla fosse forçada para fora da pista.

O britânico da Campos tentou retornar à pista com segurança, em torno das placas, mas foi impedido por Mazepin, que posteriormente cortou os pneus de Aitken. Isso jogou o russo no caminho de Matsushita e a dupla colidiu, batendo na parede. A colisão trouxe uma bandeira vermelha e a corrida foi posteriormente reduzida para 15 voltas devido a restrições de tempo.

Quando a ação voltou, Ghiotto estava na frente, à frente de Ilott e de De Vries. Ghioto correu sem oposição, mas o britânico não teve a mesma sorte, pois não foi capaz de se defender do poder da máquina ART de De Vries, que disparou à esquerda dele na reta. Ilott tentou lutar, mantendo o ritmo com o campeão até o final da terceira curva, quando De Vries o bloqueou.

Aproveitando a batalha, Ghiotto aumentou sua vantagem para 2,6 segundos antes de aliviar o pé para evitar a degradação de sua borracha Pirelli. De Vries rapidamente cortou e voltou ao alcance do DRS, forçando o italiano a ficar na defensiva.

Pouco mudou na ordem atrás deles. Guanyu Zhou conseguiu o quinto lugar de Sérgio Sette Câmara, enquanto Artem Markelov deixou alguns pontos para Giuliano Alexi facilmente pontuar.

De Vries foi perseguido por Ghiotto na frente, mas o italiano continuou a afastá-lo, apesar da vantagem do DRS. O italiano acabou forçando a bandeira quadriculada primeiro, à frente de De Vries e Ilott. Latifi e Zhou completaram os cinco primeiros, seguidos por Sette Câmara, Sean Gelael e Alesi.

De Vries termina seu fim de semana de vitória no campeonato com 266 pontos, à frente de Latifi com 194. Graças à sua terceira vitória da temporada, Ghiotto reduziu a diferença entre eles para apenas 10 pontos, à frente de Sette Câmara com 165. Aitken completa o topo cinco com 159 pontos.

A luta pelo campeonato das equipes continua, com o DAMS no topo com 359 pontos, à frente do UNI-Virtuosi no 206. O ART Grand Prix fica em terceiro com 276, Carlin em quarto com 200 e Campos Racing em quinto com 189.

A luta pelo segundo lugar geral do campeonato será retomada em Yas Marina no final de Novembro, enquanto a DAMS procurará garantir a vitória do campeonato na categoria de equipes.

Advertisements
BrunaPickler

www.about.me/brunapickler