Le Castellet recebe a 5ª rodada do campeonato da Fórmula 2 neste final de semana

Circuit_Paul_Ricard.jpg
por jornalista Bruna Pickler  |   fonte: FIA Fórmula 2 (crédito da foto de capa: FIA F2 Championship©)

Le Castellet no sul da França recebe a 5ª rodada do Campeonato FIA de Fórmula 2 deste ano, quase um mês depois do brilho, glamour e glória da rodada em Mônaco. Depois da maior pausa do ano, inicia-se a segunda fase do campeonato.

Recapitulando: O final de semana anterior, no principado viu o líder do campeonato, Nicholas Latifi, colocar sua máquina DAMS no topo das tabelas de tempos no Free Practice, mas foi Nyck de Vries da ART Grand Prix que definiu o momento durante a qualificação para conquistar a pole. O holandês foi implacável em sua busca pela vitória na corrida, liderando em todas as voltas para garantir vitórias seguidas após o seu sucesso no Barcelona Sprint Race. O grid invertido viu o francês Anthoine Hubert do BWT Arden partir na frente no Sprint Race, e o mesmo lutou brilhantemente sob pressão infindável de Louis Delétraz, para conquistar a sua primeira vitória na Fórmula 2.

Apenas um ponto separa Latifi (95 pts) e De Vries (94 pts) no topo do Campeonato de Pilotos, com o canadense preservando sua vantagem graças a dois pontos de bônus por definir a volta mais rápida na última tentativa possível durante a corrida Sprint. Luca Ghiotto (67 pts), do UNI-Virtuosi Racing, está em terceiro.

O campeonato de equipes, é liderado pela DAMS com 147 pontos, 26 pontos à frente da UNI-Virtuosi Racing (121 pts) em segundo. ART Grand Prix subiu para o terceiro lugar com 100 pontos.

Sobre o circuito

O circuito Paul Ricard recebe a 5ª rodada do campeonato de Fórmula 2, e os pilotos esperam evitar as coloridas áreas de run-off, enquanto empurram com força a pista relativamente plana. A Pirelli está fornecendo as equipes com compostos de Hard e Soft, e com várias áreas da pista tendo sido refeitas, a pista no topo do planalto certamente trará muitas emoções.

 Warm Up ➥ Anthoine Hubert – BWT Arden

“Estou muito feliz, esperei o Grande Prêmio da França desde o ano passado. Eu amei a atmosfera do GP3 e a pista é tão legal, então estou ansioso para a corrida. Será uma ótima sensação correr na frente dos torcedores da minha casa, vendo muitas bandeiras francesas nas arquibancadas e recebendo muito apoio durante o final de semana.”

“No ano passado, no GP3, terminei em segundo, mas ganhei porque o vencedor foi desqualificado. Essa foi a minha primeira vitória no GP3 e minha melhor lembrança até agora, mas alguns anos atrás, na Fórmula 4, eu ganhei duas das três corridas, o que também foi bom! Ultrapassar foi um pouco difícil no GP3, então estou curioso para ver como será na Fórmula 2, com as zonas do DRS.”

“A qualificação não é tão vital como em num circuito como Mônaco. Como eu já mostrei este ano, você pode se sair bem na corrida sem começar na primeira linha, mas sempre quer se dar bem na qualificação para não comprometer sua corrida.”

“Acho que o principal desafio é o último setor com Le Beausset. Há muitas maneiras diferentes de fazer isso, então é realmente desafiador. As duas últimas curvas também não são fáceis, você coloca muito no freio e precisa ter certeza de que está bem posicionado para o último canto. É difícil dizer quanto gerenciamento de pneus pode ser necessário. Eu acho que eles refizeram a superfície durante o inverno, então teremos que ver quando chegarmos lá.”

“O sonho seria ouvir a Marseillaise no degrau mais alto do pódio, mas estar no pódio seria um resultado muito bom, então esse é o meu objetivo. Se pudermos marcar pontos nas duas corridas eu ficaria feliz.”

Mario Isola, chefe de F1 da Pirelli e corridas de carros

“A Pirelli é o patrocinador principal do Grande Prémio da França, por isso é ótimo ter todos os três campeonatos que fornecemos – Fórmula 1, Fórmula 2 e Fórmula 3 – em ação durante o fim de semana. Podemos esperar altas temperaturas e asfalto liso na França, geralmente com baixa degradação, mas os motoristas F2 terão que gerenciar cuidadosamente o composto Soft. Após discussões com o promotor, decidimos adicionar o Hard como a outra escolha, com o objetivo de adicionar um pouco de imprevisibilidade e dar aos engenheiros algo para pensar, graças à diferença de desempenho e degradação entre os dois compostos. Isso cria potencial para algumas estratégias interessantes, como vimos em Barcelona no início deste ano. Paul Ricard não é o circuito mais fácil de superar, então a estratégia pode fazer uma diferença significativa ”.

Estatísticas da temporada

#1 = Número da diferença de pontos entre Nicholas Latifi (95) e Nyck de Vries (94) no topo do Campeonato de Pilotos.
#12 = O número de pilotos diferentes que lideraram voltas durante as oito corridas até agora nesta temporada.
#7 = O número de vezes que um piloto da DAMS subiu ao pódio nesta temporada (Latifi 4; Sette Câmara 3).
#51 = O número total de voltas que Anthoine Hubert, do BWT Arden, liderou nesta temporada, o maior de todos os pilotos novatos até agora nesta temporada.

2019_FIA_Formula_2_Championship_-_Round_5_Preview.jpg

☆ IMPORTANTE ☆

Nyck de Vries, do ART Grand Prix, é o único piloto que marcou pontos em todas as corridas de 2019 até agora. O holandês é o piloto com maior pontuação com um total de 410 pontos conquistados desde 2017.

De Vries conquistou sua 10ª  largada na linha de frente, com sua pole position na última corrida em Monte Carlo.

Anthoine Hubert, do BWT Arden, desfrutou de sua primeira vitória neste nível depois de seu sucesso no Sprint Race na 4ª rodada, e se tornou o primeiro novato a vencer uma corrida da Fórmula 2 em 2019.

De Vries resistiu à pressão crescente para se defender de Louis Delétraz, da Carlin, e vencer a Sprint Race em Mônaco por apenas 0,059s de diferença do rival.

Guanyu Zhou da UNI-Virtuosi marcou mais pontos de qualquer rookie nas duas rodadas anteriores e é agora o mais alto rookie na classificação do campeonato de pilotos (5º com 54 pontos).

Luca Ghiotto da UNI-Virtuosi terá uma penalidade de três colocações em Le Castellet após uma colisão com Mahaveer Raghunathan da MP Motorsport em Mônaco.

Raghunathan também teve uma penalidade de três colocações depois de sair da pista e ganhar uma vantagem na saída do pit lane no 4° Round.

Jordan King retorna à MP Motorsport em Le Castellet depois de perder a 4ª rodada em Mônaco por causa dos compromissos da Indy Car.

Oito pilotos marcaram pontos nas duas corridas em Monte Carlo: De Vries, da ART e Nikita Mazepin, Zhou da UNI-Virtuosi, Sérgio Sette Câmara da DAMS, Hubert de BWT Arden, Delétraz da Carlin, Dorian Boccolacci de Campos Racing e do MP Motorsport Artem Markelov.

Advertisements
BrunaPickler

www.about.me/brunapickler

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.